Briga Torcida

    Torcedores corintianos são presos em São Paulo por ameaçar juíza do RJ

    Torcedores corintianos foram detidos na manhã desta terça-feira acusados de ameaças a juíza Marcela Caram, que ordenou a prisão dos 31 torcedores envolvidos na briga no Maracanã em outubro durante o jogo contra o Flamengo. A operação realizada em conjunto pela Polícia Civil de São Paulo e do Rio de Janeiro está em andamento e os acusados estão sendo encaminhados para o Departamento de Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da capital paulista.

    Segundo informações da Rede Globo, foram emitidos dez mandados de prisão temporária e cinco torcedores já foram detidos. A delegada do caso, Daniela Terra, explicou que as ameaças começaram no dia seguinte à decisão da magistrada de converter a prisão dos acusados em preventiva, no dia 25 de outubro. Eles seguem presos no Rio de Janeiro enquadrados por crimes de lesão corporal, dano qualificado, provocar tumulto em locais de jogos, resistência qualificada e associação criminosa.

    “Um dia após ela e seu marido receberam mensagens em suas contas de Facebook, inclusive em uma foto que aparece sue filho, o que configura um afronta ao poder judiciário e constitui ameaça ao curso do processo”, disse Daniela Terra à Rede Globo.

    Veja Também

    Comments (2)

    1. Avatar

      Bem feito… tem que ser preso… chega de bandido na torcida….

    2. Avatar
      Corretor Elieser Creci

      Que eh flamenguista de carteirinha

    Comments are closed.