Torcida marca presença e faz festa pré-Derby no CT do Corinthians

12/05/2018 - 12:54 | Fonte: Gazeta Esportiva


A torcida do Corinthians seguiu uma tradição estabelecida nos últimos jogos contra o Palmeiras e, mesmo sem o treino aberto no estádio, marcou presença no CT Joaquim Grava na manhã deste sábado. Cerca de 300 torcedores posicionaram-se à frente da entrada dos jornalistas e entoaram cânticos de apoio aos atletas, que fizeram questão de agradecê-los antes do começo do treinamento.

O ônibus com a maior parte dos aficionados chegou por volta das 9h da manhã, parou em frente ao portão principal do CT e tinha a expectativa de apoiar os jogadores já na entrada. Como muitos já haviam chegado para o treinamento, todos rumaram para a entrada da imprensa, que possui um portão mais aberto de onde, ainda que com dificuldade, é possível observar a movimentação dos jogadores.

Com a presença de algumas torcidas organizadas, principalmente a Gaviões da Fiel, a Pavilhão Nove e a Coringão Chopp, os corintianos provocaram até a presença de comércio ambulante, que não relutava em servir bebidas alcoólicas logo de manhã. Pelo horário, também foi possível observar muitas crianças fazendo a festa com a batucada dos mais velhos e cantando do hino do Corinthians à tradicional “Sangue no olho, tapa na orelha”, estabelecida como o canto pré-Derby dos corintianos.

Não à toa, foi essa a música escolhida para receber os jogadores quando eles cruzaram o CT e foram para a frente do portão. Com direito a aplausos para a presença da Fiel, o elenco viu uma queima de fogos e sinalizadores, que fizeram aumentar o ritmo da festa. O recado antes do retorno dos atletas ao gramado foi “dando carrinho, dando porrada, o Coringão não pode perder por nada”.

A manifestação dos alvinegros seguiu por alguns minutos, mas logo dissipou-se enquanto os atletas faziam o último trabalho antes do Derby. Quando o relógio recém passava das 10h30 já não se ouvia mais barulho no entorno do local, que servirá de concentração para os jogadores visando ao clássico.

No treinamento, sem poder contar com Clayson, que só volta à equipe após a Copa do Mundo em meio a uma recuperação de cirurgia no joelho direito, Carille confirmou Pedrinho como herdeiro da vaga mais uma vez. Dessa forma, o Timão vai a campo frente ao Palmeiras com Cássio; Mantuan, Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel e Maycon; Pedrinho, Jadson, Rodriguinho e Romero.