Urso fala sobre lesão e expectativa de retorno ao time do Corinthians

    Júnior Urso não defende o Corinthians desde o primeiro confronto da final do Campeonato Paulista, no Morumbi. O volante lesionou o músculo adutor da coxa direita na ocasião.

    Nessa segunda, após o evento de inauguração da quadra na Arena de Itaquera e lançamento do novo uniforme da equipe, Urso falou sobre o andamento de seu tratamento.

    “Evoluiu muito bem. Já vi a imagem e a evolução da lesão. O Corinthians fez um ótimo trabalho. Ia demorar muito mais. Acredito que essa semana eu devo estar pelo menos treinando em campo, estar voltando”, afirmou, dando a entender que será desfalque mais uma vez nesta quarta, contra a Chapecoense, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

    Apesar de não ter sequer viajado com o grupo para Salvador, coube a Urso também explicar a derrota para o Bahia, na Fonte Nova.

    “Ninguém quer perder. O Corinthians vai com a intenção de vencer. Não é só o Corinthians que vai enfrentar um time como o Bahia. É normal. Sequência de decisões. É natural”, analisou, sem deixar de reconhecer que a postura longe de Itaquera precisa mudar.

    “Isso é o principal. Dentro de casa demonstramos isso, entramos a 110% nas partidas. Levamos vantagem pela euforia. Falta isso fora de casa. Concentração e euforia”.

    Para encerrar, Urso evitou dar argumentos aos críticos, reafirmou o Corinthians como um dos candidatos ao título nacional e usou o fato do time ter conquistado o Tri-Paulista como embasamento.

    “A gente tem noção que tem que melhorar como equipe e mostrar um futebol mais seguro para o treinador, torcida e nos mesmos”, disse. “Mas o Corinthians é favorito, sim. Tem o Cruzeiro, que está fazendo uma boa Libertadores. Acredito que o Corinthians é favorito pelo Paulista. Com todo respeito ao Gaúcho, Mineiro… Quem entende de futebol sabe que o Paulista é mais difícil”, concluiu.

    Veja Também