Jadson

    Valores, contrato e ‘pressões’: Jadson e Timão buscam acerto nesta quinta

    Corinthians e Jadson esperam acertar nesta quinta-feira os últimos detalhes em nome do retorno do meia campeão brasileiro de 2015 para o clube. Dirigentes do Timão, empresários e o próprio jogador já adiaram o encontro algumas vezes nos últimos dias, por variados motivos: uma viagem de férias do jogador, o atraso no retorno da delegação alvinegra dos Estados Unidos e até a decisão da Copa São Paulo de Juniores, que mobilizou atenções do clube. Desta vez, porém, a ideia é sentar à mesa e acertar os ponteiros definitivamente.

    Apesar do otimismo revelado por dirigentes do Corinthians nos últimos dias, ainda há importantes pendências a serem resolvidas. A primeira delas é sobre o tempo de contrato: conforme informado pelo Uol, o Timão entrou em contato com o estafe do meia para informar que deseja um vínculo por apenas duas temporadas, ao contrário dos três anos desejados pelo jogador. Além disso, o Corinthians também desejava manter as condições salariais de 2014 e 2015, quando o meia defendeu o clube, mas a pedida foi maior, pois Jadson, de 33 anos, vê esta como a última chance de um bom contrato na carreira.

    Um último ponto de indefinição nas negociações entre Corinthians e Jadson está no pagamento de luvas, que é um prêmio pela assinatura do contrato. A pedida inicial do estafe do meia foi de R$ 10 milhões – valor equivalente ao que ele abriu mão para rescindir com o Tianjin Quanjian, da China -, mas o Corinthians sinalizou oferecer um montante próximo da metade disso. Já existe um entendimento sobre este tema, mas os detalhes ainda não estão definidos.

    Os valores elevados até afastaram o interesse de alguns clubes por Jadson, como o Atlético-MG e o Grêmio. Na noite desta quarta, aliás, o meia usou o Twitter para agradecer pelas palavras do técnico Renato Gaúcho, do Grêmio, que fez elogios e lamentou as condições financeiras que estão impedindo o negócio. Jadson disse que “é muito bom receber um elogio de um craque” como o atual treinador do time gaúcho. Para o Corinthians, a interação na rede social foi uma espécie de aviso ou pressão para o clube ser mais maleável nas negociações.

    Jadson rescindiu contrato com o Tianjin Quanjian, da China, há exatos dez dias. Ele deseja definir logo seu destino e iniciar a rotina de treinamentos para a temporada. O Corinthians vê o meia como alguém capaz de mudar o patamar da equipe para 2017.

    Veja Também

    Comments (13)

    1. Avatar
      Guilherme Gaeta

      Esquece o Jadson chama o fabrico oya se o Jadson vim ok mais toda essa novela ja ta acabando a paciência

    2. Avatar
      Ozias Ferreira Dias

      vai Corinthians sempre assina logo Jadson

    3. Avatar
      Lucas Tupi

      Que novela em nossa deside logo presidente acaba logo com isso

    4. Avatar
      Joao Rodrigues

      Deus abensoe que venha mesmo

    5. Avatar
      Joao Rodrigues

      Que de tudo serto

    6. Avatar
      Lucas Hugo

      O Atacante Carlinhos, Pedrinho e o zagueiro Delamore tem que subir para os profissionais, não só para treinar, tem que por para jogar! Não vejo nenhum profissional melhor que esses três no time do Corinthians! #forarobertodeandrade

    7. Avatar
      Ricardo Lima

      Definitivamente não é uma boa contratação

    8. Avatar
      Anderson Costa

      ouvi falar que a reunião será adiada mais uma vez por causa de um grande congestionamento no trânsito essa novela é uma piada kkkk

    9. Avatar
      Paulo Sergio

      Podia deixa quieto esse cara é pega garoto dá base bom passe Pedrinho e oya

    10. Avatar
      Alex Gregorio

      Vão se fuder com essa balela… melhor não noticiar nada do que ficar especulando … deixa pra falar dessa porra se fechar ou não definitivamente… chatisse do caralho

    11. Avatar
      Francisco Cláudio

      Todo dia falam a mesma conversa…

    12. Avatar
      Tassio Silva

      Mais um dia e aposto que vão adiar e nós ficaremos esperando de novo

    13. Avatar
      Nícck Harper

      Todo dia a mesma coisa

    Comments are closed.