Corinthians 1 x 1 PSV - Florida Cup 2018

Veja por que o Corinthians deixou boa impressão na estreia em 2018 contra o PSV

11/01/2018 - 00:59 | Fonte: Globo Esporte


Se a primeira impressão é a que fica, o torcedor do Corinthians tem motivos para começar 2018 esperançoso. Mesmo sem ritmo de jogo e longe da melhor forma física, os titulares do Timão venceram por 1 a 0 o PSV, da Holanda, na estreia no Torneio da Flórida. Já no segundo tempo, com reservas, a equipe brasileira foi pressionada e levou o empate aos 48 minutos.

Na disputa por pênaltis, o Corinthians acertou todas as suas batidas, e Caíque defendeu uma cobrança, garantindo um ponto extra para o clube na competição.

O gol corintiano foi de Rodriguinho, que apareceu no segundo poste para desviar cobrança de falta de Jadson, aos 23 minutos do primeiro tempo. Lammers igualou o marcador, após confusão na área alvinegra, nos acréscimos da etapa final.

O técnico Fábio Carille aproveitou a partida para “rodar” o elenco e usou uma escalação em cada tempo. Já o PSV, líder do Campeonato Holandês, começou o duelo com força máxima e só mexeu drasticamente na equipe a partir da metade do segundo tempo. Mesmo assim, os europeus cometeram muitos erros e não conseguirar balançar as redes.

Florida Cup

Rangers (ESC)
Corinthians
VS
Spectrum Stadium

Titulares vencem

No primeiro tempo, com o que Carille considera ser a formação ideal no momento, o Corinthians surpreendeu positivamente, mostrando organização tática apesar da mudança do 4-2-3-1, utilizado em 2017, para o 4-1-4-1.

Em meio de temporada e, consequentemente, melhor fisicamente, o PSV teve mais posse de bola, mas apresentou dificuldades para invadir a área alvinegra. As principais chances dos holandeses foram pelo alto. Os erros de marcação em lances de bola área, que foram recorrentes na equipe de Fábio Carille durante campanha do heptacampeonato brasileiro, voltaram a aparecer.

Apesar deste problema, o saldo foi positivo. Vale destacar alguns pontos da equipe titular do Timão:

  • Mais centralizado, Jadson voltou bastante para começar as jogadas e teve boa atuação
  • Fagner, Rodriguinho e Romero foram bastante participativos
  • Assim como fazia Jô, Kazim saiu bastante da área para ajudar na criação. Porém, na única chance de gol que teve, escorregou
  • Estreante, Juninho Capixaba apareceu mais na defesa e não comprometeu. Ele ainda levantou a torcida ao dar uma caneta para se livrar da marcação

Caíque brilha

Com uma equipe desentrosada e alguns atletas atuando fora de suas posições (como Warian de zagueiro e Fellipe Bastos de primeiro volante, por exemplo), o Corinthians teve dificuldades para criar e foi muito pressionado pelo PSV nos 45 minutos finais.

Outro estreante da noite, Júnior Dutra atuou como centroavante, já que Danilo sentiu dores na panturrilha esquerda e foi poupado. Pouco acionado, o reforço chamou atenção por sua entrega e por servir como válvula de escape da equipe.

O grande destaque entre os reservas do Timão foi o goleiro Caíque, que fez grandes defesas, duas delas nos minutos finais do confronto. Porém, ele nada pôde fazer nos acréscimos, quando Lammers empurrou para as redes após bate e rebate na área.

Nos pênaltis, Júnior Dutra, Fellipe Bastos, Maycon, Camacho e Giovanni Augusto converteram as suas cobranças, e Caíque mais uma vez brilhou ao defender a batida de Lammers.