Vice da chapa de Andrés para presidência do Corinthians é cortada e desabafa

    O cada vez mais efervescente processo eleitoral corintiano teve um novo capítulo nesta quinta-feira, quando a chapa da situação, encabeçada pelo candidato Andrés Sanchez, resolveu trocar uma das suas candidatas a vice-presidente. Maria de Lourdes Jacob Mattavo foi afastada da condição e desabafou em texto publicado em um grupo de conselheiros do clube.

    Mundial de Clubes e Mundialito de futebol de areia; veja a programação do FOX Sports

    “No dia de ontem, me foi comunicado que devido a questões de duas Mulheres como vice presidentes em um clube de futebol ser inadmissível, fui cortada da chapa. Confesso que na hora me senti chateada, triste, com o que havia acontecido (sic)”, disse Mattavo em um trecho do texto, no qual pede privacidade e respeito pelo ocorrido.

    Representantes da chapa não confirmam o desligamento, mas o mais provável é que Andrés anuncie o novo membro nos próximos dias. A data limite para a definição é a próxima terça-feira, quando fecha a inscrição de chapas presidenciais e chapinhas para o conselho.

    Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

    Edna Murad Hadlik e Maria de Lourdes Jacob Mattavo foram as duas mulheres escolhidas por Andrés para a chapa inicialmente. Ambas são conselheiras do clube desde 2006. Edna seria a primeira vice, enquanto Maria de Lourdes ficaria como a segunda. Agora, resta definir quem ocupará esse cargo.

    Saiba mais!

    Flamengo deve passar por mudanças em 2018

    Neymar revela quem é o seu ‘carrasco’ na carreira

    Evair vê atletas crescendo com Lucas Lima no Palmeiras

    Além de Andrés, concorrem ao cargo Felipe Ezabella, Romeu Tuma Júnior, Antonio Roque Citadini e Paulo Garcia, este o último a definir sua candidatura. O pleito, que dará ao vencedor o direito de dirigir o clube entre 2018 e 2020, está marcado para o dia 3 de fevereiro, definindo a saída de Roberto de Andrade após três anos de mandato.

    Veja Também