Victor Ferraz admite Corinthians em melhor fase, mas lembra: ‘Já fomos favoritos e perdemos’

    Antes de a temporada começar, o Santos era apontado como um dos times mais fortes do Brasil. O Corinthians, por sua vez, não anima muito sua torcida e tinha poucas esperanças para 2017. Quase seis meses depois, os papeis se inverteram. Enquanto o Peixe causa desconfiança em grande parte dos santistas, o Timão acabou de conquistar o título do Paulistão e ainda é um dos líderes do Campeonato Brasileiro.

    Além disso, a equipe do Parque São Jorge está com uma invencibilidade de 16 jogos (oito vitórias e oito empates). Já o Alvinegro Praiano vem de uma derrota para o Cruzeiro, na Vila. Esses fatores fazem o clássico deste sábado, às 19h (de Brasília), na Arena Corinthians, ter um favorito definido, pelo menos para Victor Ferraz.

    “Eles são favoritos sim pelo momento que vivem. Mas nós já fomos favoritos várias vezes e não conseguimos a vitória. Eles também podem sair de lá derrotados”, explicou o lateral-direito em entrevista coletiva nesta quarta-feira.

    O embate deste final de semana também colocará frente a frente dois estilos diferentes. Enquanto o Santos gosta de ficar com a bola e propor o jogo, o Corinthians sempre espera o adversário em seu campo de defesa para depois partir no contra-ataque.

    “É um grande confronto. Não acho que será um jogo de muitos gols. O jogo que eles propõem é mais amarrado, duelo de muita briga. A gente tem uma forma de jogar. Dificilmente abdicamos dela. Espero que a gente saia vencedor”, concluiu Ferraz.

    Veja mais:

    Magrão revela quase ida ao São Paulo

    Marcelo: “Não falo sobre essa pessoa”

    Bombou: Não de dupla ao Verdão

    Veja Também