Xodó da Fiel e eficiente quando joga 90 minutos, Romero segue preterido

    A falta de oportunidades a Ángel Romero, sempre um dos nomes mais celebrados quando anunciado no telão da Arena Corinthians, é uma das maiores queixas atuais do torcedor alvinegro. Os números dão força ao argumento: o paraguaio é o jogador com mais partidas nesta temporada, mas começou jogando apenas 11 vezes. As chances que teve, porém, foram bem aproveitadas: sete gols e duas assistências. Em média, o camisa 11 participou diretamente de quase um gol a cada jogo que iniciou como titular do Corinthians.

    Até o momento, passados 25 jogos oficiais em 2016, Romero atuou nos 90 minutos de apenas cinco, contra XV de Piracicaba, Osasco Audax, Linense e Ponte Preta (Paulistão), além do Cobresal (Libertadores). Curiosamente, o paraguaio soma seis gols nos únicos cinco jogos que jogou completos.

    “Ninguém tem assegurada a condição de titular, o Tite muda muito o time a cada jogo. Tento fazer o meu melhor a cada vez que jogo”, explica o camisa 11 do Timão.

    Romero até começou a temporada como titular atuando na ponta direita, com Lucca na esquerda. Ele só perdeu a vaga no segundo jogo da fase de grupos da Libertadores, e depois não conseguiu superar a concorrência de Giovanni Augusto. Quando o novo titular se lesionou, entretanto, Tite optou por Alan Mineiro nos jogos decisivos contra Osasco Audax e Nacional (URU), este fora de casa. A explicação do treinador para a opção foi que Lucca já era atacante, e seu esquema 4-1-4-1 não permitia mais um atacante. Alan, com maior facilidade para a recomposição, ganhou a disputa, mas não rendeu em nenhum dos confrontos – no último jogo, da eliminação na Libertadores, ele não ficou nem no banco.

    Romero tem paciência para cumprir o objetivo de ser titular. Ano passado foram apenas 18 jogos disputados, número que já superou em apenas três meses neste ano. O próximo passo de sua trajetória pode ser alcançar uma sequência de jogos como titular, mas a volta de Giovanni Augusto dificilmente dará brecha. O paraguaio sonha.

    “Jogo na direita ou na esquerda, não tem essa. Prometo trabalhar.”

    Convocação nesta segunda-feira pode atrapalhar. Entenda:

    Assim como o zagueiro Balbuena, Romero está na pré-lista de convocados da seleção do Paraguai para a Copa América Centenário. A lista definitiva será anunciada nesta segunda-feira, e o jogador será baixa do Corinthians no mínimo por cinco rodadas do Brasileirão caso seja chamado – inclusive o clássico contra o Palmeiras, em 12 de julho, fora de casa. A viagem da delegação ocorrerá em 23 de maio, e assim Romero ficaria disponível para Tite apenas nas duas primeiras rodadas da competição nacional, diante de Grêmio, na Arena, e Vitória, no Barradão.

    Veja Também

    Notícias do Corinthians

    Comments (13)

    1. Avatar
      Marcelo Goncalves Ferreira

      Faz mais em campo que Giovanni e lucca

    2. Avatar
      Marcelo Goncalves Ferreira

      Faz mais em campo que Giovanni e lucca

    3. Avatar
      Sidnei Danieli

      jogá muito

    4. Avatar
      Aline Aguiar

      passou da hora de dar oportunidade pra ele.vem num bom momento se dependece de mim ele já era titular

    5. Avatar
      Robson Lira

      Fez de tudo para realizar o sonho de infância de jogar no Timão, esse merece ser valorizado no Corinthians, lamento a diretoria não dá a mínima e o técnico só escalar quem lhe dá maior lucro pessoal, é a velha máfia do futebol.

    6. Avatar
      Rogerio Pereira

      ta mais q na hora d ele ser titular

    7. Avatar
      André Sanchez

      acorda tite

    8. Avatar
      André Sanchez

      acorda tite

    9. Avatar
      Josiane Cortez

      Ainda vai sair q diretoria burra

    10. Avatar
      Tereza Lima

      Muito bom jogador pena que o Tite não enxerga

    11. Avatar
      Tereza Lima

      Muito bom jogador pena que o Tite não enxerga

    12. Avatar
      Vandmilson Panzarini

      Novo tupamzinho

    13. Avatar
      Vandmilson Panzarini

      Novo tupamzinho

    Comments are closed.