‘Zidane de Itaquera’ volta a ser relacionado por Carille após longo tempo afastado por lesão

    O Corinthians contará novamente com a experiência do meia Danilo. Ao menos no banco de reservas. Recuperando-se de uma fratura na perna direita há quase um ano, o jogador de 38 anos enfim voltou a ser relacionado para uma partida – contra o Flamengo, neste domingo, em Itaquera.

    “O Danilo sabe que não vai entrar em campo. Ele aceitou essa condição prontamente. Quero tê-lo junto conosco neste momento importante”, comentou o técnico Fábio Carille, que ainda vê o veterano fora de forma.

    Saiba mais:

    Neymar briga em treino

    Corinthians pode improvisar

    Jornal critica Vinícius Jr.

    Com 336 jogos a serviço do Corinthians, Danilo disputou o último deles em 31 de julho de 2016, quando substituiu o meia Giovanni Augusto no decorrer de uma vitória por 1 a 0 sobre o Internacional. Depois, passou um mês em reabilitação de uma contusão muscular na coxa. Reintegrado aos treinamentos, levou a pior em uma dividida com o zagueiro Yago e sofreu a grave fratura na fíbula.

    “O Danilo sabe que ainda precisa ter uma condição melhor. Está ajudando demais no nosso dia a dia. É um cara vencedor, que todo o mundo respeita, e gostou de ser relacionado. Depois de quase 11 meses, vai sentir o calor do vestiário em um jogo desse tamanho. Achamos importantíssima a convocação dele”, disse Carille.

    O técnico só espera que os torcedores também compreendam que Danilo, com status de ídolo do Corinthians por sua trajetória no clube, não está apto a atuar. Quem pedir a entrada do veterano durante o jogo contra o Flamengo não será atendido.

    “Sempre gritam algum nome. Estou acostumado”, sorriu Carille. “Mas é por isso que estou deixando bem claro que o Danilo não jogará”, acrescentou, mais sério. O atleta também foi inscrito na Copa Sul-Americana, na vaga aberta pelo jovem atacante Léo Jabá, agora do russo Akhmat Grozny.

    Veja Também