Agente confirma adeus de Sheik do Corinthians e homenagem contra o Inter

    O adeus do atacante Emerson Sheik do Corinthians está próximo. O time alvinegro define os últimos detalhes da saida do atleta nesta quarta-feira e vai prestar uma homenagem ao jogador no duelo contra o Internacional, no sábado, às 16h30, em Itaquera. Depois disso, o atleta deve seguir ao Flamengo, que já está apalavrado com seus representantes.

    De acordo com o empresário Reinaldo Pitta, a situação com o Corinthians será definido nesta quarta. “Vamos finalizar a saída do Corinthians hoje. Aí, ele participa do jogo contra o Inter, será homenageado e depois falaremos de sua nova camisa”, avisou o agente, em contato com o ESPN.com.br. 

    O empresário se reuniu nos últimos dias com representantes de Flamengo e Corinthians de olho no futuro de Emerson Sheik.

    Apesar de nos últimos tempos ter vivido em rota de colisão com parte da torcida corintiana, Sheik entrou para a história do clube como um dos atletas mais importantes que já vestiram a camisa alvinegra. Tudo graças ao desempenho decisivo na Copa Libertadores de 2012, quando decidiu a semifinal contra o Santos, na Vila Belmiro, deu o passe para o gol de Romarinho contra o Boca, na Bombonera, e fez os dois gols do título diante dos argentinos no Pacaembu. Por tudo isso, deve ser homenageado diante dos torcedores.

    Com contrato com o Corinthians no fim, o jogador acenou positivo a uma oferta rubro-negra de cerca de R$ 250 mil por mês até o fim do ano, enquanto o clube alvinegro não fez proposta de renovação.

    Dois encontros com representantes alvinegros nesta segunda e terça discutiram a rescisão contratual de Sheik e definiram como o Corinthians vai fazer para pagar os salários atrasados ao atleta. O jogador tem vínculo com o Parque São Jorge até o dia 31 de julho.

    No time alvinegro, os ganhos mensais de Emerson estavam na casa dos R$ 520 mil, considerados muito altos pela atual diretoria. A fase financeira do Corinthians é terrível, e os jogadores com salários altos podem sair.

    Guerrero, por exemplo, já foi para o Fla, que também está de olho em Elias e Renato Augusto. Ralf é outro que não tem garantias de permanecer, assim como Jadson.

    Veja Também

    Notícias do Corinthians