Fabio Carille - Corinthians

    Carille cita saídas e defende Loss: qualquer um teria queda no Corinthians

    O ex-técnico do Corinthians Fábio Carille defendeu Osmar Loss, que voltou a ser auxiliar do clube paulista na última semana após resultados ruins no Campeonato Brasileiro e eliminação na Libertadores.

    Em entrevista ao SporTV nesta sexta (07), Carille citou os desfalques e as vendas de jogadores como causas de uma “queda natural” de rendimento da equipe.

    “Qualquer treinador que estivesse lá teria uma queda. Quando se perde Balbuena, Rodriguinho, Maycon, Sidcley. Fagner machuca, Henrique teve que sair em algum momento. Não tem tempo de treinar, muitos jogadores sozinhos. Ano passado eram só duas competições, saímos na Sul-Americana e isso facilitou. Qualquer treinador neste momento iria encontrar problemas”, explicou.

    Carille lamentou a falta de sucesso do amigo Osmar Loss. “É um período difícil não só para o Corinthians. Fico triste porque é uma pessoa que me ajudou muito e torci pelo sucesso, infelizmente não aconteceu. Vai chegar o Jair Ventura e espero que faça um grande trabalho pelo Corinthians”, disse.

    O ex-treinador do Corinthians acredita que acertar a defesa é a fórmula do sucesso na equipe. “O Corinthians tem uma forma de jogar, é uma forma que se assemelha ao que o Jair fez no Botafogo, muito bem protegido, defesa menos vazada”, analisou.

    Por fim, Carille ressaltou que não deixou o Corinthians rumo ao  Al Wehda por dinheiro. “Não foi por causa de dinheiro, foi muito pessoal, eu tive dois dias pra tomar a decisão. Eu teria ido pra china se quisesse dinheiro. Foram outras questões e estou muito feliz. Acredito que fiz a escolha certa”.

    Veja Também