Carille faz mudanças, e Corinthians deve ter time ‘ideal’ para encarar a Ponte Preta

    O Corinthians deve ter o retorno da equipe ‘ideal’ diante da Ponte Preta, no próximo domingo (29 de outubro), pelo Campeonato Brasileiro. A probabilidade de que isso aconteça aumentou após o treinamento da manhã desta quinta-feira (26), no CT Joaquim Grava, em que o técnico Fábio Carille esboçou o time titular com as entradas de Pablo e Romero.

    Barcelona, Dortmund, River e Boca ao vivo no FOX Sports

    O zagueiro, que fez somente trabalhos físicos na quarta, recuperou-se de lesão muscular na coxa esquerda, treinou sem restrições com os companheiros e deve voltar à equipe depois de quatro rodadas em ausência – a última vez em que atuou foi contra o Cruzeiro, no dia 1º de outubro. Na primeira parte, ficou entre os reservas, mas substituiu Pedro Henrique em seguida.

    Ángel Romero, que foi barrado da partida contra o Botafogo para a entrada de Marquinhos Gabriel, foi a outra novidade. O atacante permaneceu entre os titulares nos dois tempos da atividade, indiciando a tendência de mudança na formação. O paraguaio foi, inclusive, um dos destaques do dia: além de movimentar-se bastante, fez um gol e por pouco não deixou o segundo, por cobertura. A bola passou rente à trave.

    Desta forma, Corinthians deve ter o retorno daquele que é considerado o time ideal para Carille, com Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô. Curiosamente, o próximo rival é a Ponte Preta, justamente quem foi goleada por esta equipe, por 3 a 0, no primeiro jogo das finais do Campeonato Paulista.

    Em um primeiro momento, o técnico Fábio Carille optou por um trabalho em campo reduzido e com limite de dois toques na bola. Romero balançou as redes para os titulares, mas Clayson e Giovanni Augusto viraram o placar: 2 a 1 para os reservas. Depois, quando o treinador permitiu toques ilimitados e utilizou quase toda a extensão do campo, Jô marcou o único gol e deu vitória aos titulares.

    Durante as duas partes da atividade, o experiente meia Danilo atuou com um colete azul, como coringa. Já mais próximo do final, o posto foi assumido pelo jovem Pedrinho, que deu um susto. Ao driblar dois marcadores, ele dividiu com Balbuena, ficou no chão, mas logo levantou e seguiu treinando sem precisar de atendimento médico. Enquanto isso, Warian, Mantuan, Rodrigo Figueiredo, Moisés e Carlinhos treinavam à parte.

    Líder isolado do Brasileirão com 59 pontos ganhos, o Corinthians viu a diferença cair para seis para os rivais Santos e Palmeiras. Pressionados por melhores desempenhos, os comandados de Fábio Carille enfrentam a Ponte Preta no domingo, às 17h (de Brasília), no estádio Moisés Lucarelli. Em preparação para este jogo, o elenco retorna ao CT na manhã desta sexta-feira (27).

    Saiba mais:

    Barcelona também quer joia do Palmeiras

    Colombiano é desejado por times brasileiros

    São Paulo monitora destaque da Série B

    Crédito da foto: Agência Corinthians

    Veja Também