Roger - Corinthians

    Chegada de Jair vira esperança para Roger desencantar no Corinthians

    A chegada de Jair Ventura ao Corinthians traz a esperança de Roger voltar a ter destaque entre os maiores goleadores do país. Com apenas quatro gols desde a sua chegada e longe de convencer a torcida, o atacante teve muito sucesso no Botafogo quando era comandado pelo seu novo técnico.

    Em 2017, pelo time carioca, ele fez 17 gols em 48 jogos, era xodó da torcida e chamou a atenção do país como uma das melhores referências na área. Não à toa, foi alvo de disputa no mercado da bola e acabou no Internacional, com um contrato de dois anos.

    Em Porto Alegre, depois de vencer o drama de precisar tirar um tumor no rim, não conseguiu se adaptar e fez apenas dois gols em 13 jogos e algumas partidas sem sequer ser relacionado.

    Roger - Corinthians
    Foto: Ag. Corinthians

    “Espero que ele possa resgatar seu melhor futebol. Quando trabalhamos, ele foi muito bem”, afirmou Jair Ventura. O comandante fará a sua estreia neste domingo, a partir das 16h, no Allianz Parque, justamente no clássico contra o Palmeiras.

    Na última rodada, Roger foi titular na derrota corintiana para o Ceará que terminou com o “rebaixamento” de Osmar Loss do cargo de técnico para auxiliar. O atacante, inclusive, fez o único gol no revés por 2 a 1.

    “Em relação ao atacante ser questionado pela torcida, é assim. E que ele possa continuar fazendo gol. Ele já fez gol contra o Santos quando eu estava lá e espero que agora ele faça gols do meu lado”, completou o treinador.

    No Corinthians, Jair colocará Roger para brigar por posição com outros seis atacantes, nem todos que sabem fazer o papel de referência: Clayson, Emerson Sheik, Romero, Jonathas, Matheus Matias e Sergio Diaz.

    Veja Também

    Notícias do Corinthians
    Jair Ventura - Treino do Corinthians