Corinthians atropela no 2º tempo e usa Jô para vencer Santos e seguir líder

    O Corinthians não deu chance para o Santos no segundo tempo e ganhou do arquirrival neste sábado, na capital paulista, por 2 a 0. Depois de empatar por 0 a 0 nos primeiros 45 minutos, os donos da casa dominaram as ações no segundo tempo e construíram o placar. Romero abriu o placar e Jô, chamado de rei dos clássicos, fez o segundo.

    Com o resultado, o Corinthians está na liderança do Campeonato Brasileiro, com dez pontos. Já o alvinegro praiano se manteve apenas com três pontos conquistados em quatro rodadas na competição.

    Na próxima jornada do nacional, o Corinthians enfrenta o Vasco, na quarta-feira, fora de casa. Já no fim de semana, a equipe disputa outro clássico, desta vez com o São Paulo. Já o Santos enfrenta o Botafogo na quarta, no Pacaembu, e joga com o Atlético-PR, em Curitiba, no domingo (11).

    Jô vira capitão

    Em alta com a comissão técnica, Jô começou a partida deste sábado como o capitão alvinegro. A confiança também tem origem na performance do atacante contra os arquirrivais. Com este jogo, ele balançou as redes em todos os seis clássicos que disputou nesta temporada.

    Assim não, Pablo

    O Santos teve uma boa chance de abrir o placar aos seis minutos do primeiro tempo. O time da Vila Belmiro fez a jogada pela direita e, após cruzamento na área, Pablo furou. A bola sobrou para Bruno Henrique, que não conseguiu fazer a finalização.

    Corinthians equilibra

    Depois de ver o Santos ter o domínio das ações nos primeiros instantes do jogo, o Corinthians equilibrou a partida. Aos 18 minutos, por exemplo, os donos da casa tiveram a oportunidade de marcar. Aos 18 minutos, a equipe trocou passes com Rodriguinho e Fagner, O lateral entrou na área e tentou o arremate, mas foi travado por David Braz.

    Cássio defende

    O Santos levou perigo ao gol do Corinthians aos 23 minutos. Bruno Henrique construiu a jogada pela esquerda e tentou encontrar Ricardo Oliveira dentro da área. Porém, o goleiro Cássio fez a defesa, em dois tempos.

    Que beleza!

    Vitor Bueno mostrou toda a sua habilidade. No meio de campo, o santista dominou a bola e aplicou um belo chapéu no corintiano Romero, que, desconcertado com a jogada, até caiu no chão.

    Vanderlei salva

    Não fosse o goleiro santista, o Corinthians teria feito o seu com Rodriguinho aos 39 minutos. Victor Ferraz falhou, a bola sobrou para Rodriguinho, que na entrada da área, encheu o pé. O goleiro santista se esticou e fez a defesa para impedir o gol.

    Passou perto do gol corintiano

    Pouco depois de cometer uma falha na defesa, Victor Ferraz tentou se redimir no ataque. Copete fez o cruzamento da esquerda, o lateral, livre do outro lado, tentou de voleio. A bola passou perto do gol de Cássio.

    Ritmo acelerado

    O Corinthians tentou pressionar o adversário nos primeiros instantes do segundo tempo. Logo aos 3 minutos, Rodriguinho arriscou o chute e, por pouco, não venceu o goleiro Vanderlei, que viu a bola sair para fora.

    Não valeu

    A pressão do Corinthians no segundo tempo dava resultado e a torcida até chegou a comemorar um gol de Rodriguinho, mas a alegria durou pouco. Aos 10 minutos, após cobrança de escanteio, Pablo desviou de cabeça e a bola sobrou para Rodriguinho. Impedido, o meia mandou para o gol e o árbitro anulou o tento.

    Agora, sim? Agora, não! Outro gol anulado

    Mais uma vez a torcida comemorou um gol, que não valeu. Aos 16 minutos,  Pedro Henrique, de cabeça, tinha feito o gol. O árbitro Anderson Daronco chegou até a correr para o centro do campo. Porém, ele foi chamado pelo auxiliar, que viu Romero, em posição de impedimento, atrapalhar o goleiro Vanderlei. Por isso, o tento foi anulado.

    Desta vez valeu! Romero faz o seu

    O Corinthians manteve o domínio das ações e foi premiado com o gol. O lateral Fagner mandou o cruzamento para a área, o atacante Jô deu a assistência para o artilheiro Romero marcar o seu.

    Rei dos clássicos mantém a escrita

    Jô não perdoa os arquirrivais nesta temporada. Em seis partidas, são seis gols. Desta vez, ele fez o seu com estilo. Jadson cruzou, Rodriguinho tocou e o artilheiro acertou um belo giro e mandou para o fundo das redes do Santos.

    Olé e expulsão

    No fim do jogo, a torcida do Corinthians ainda viu o time colocar o adversário na roda. Irritado, Bruno Henrique perdeu a cabeça e levou o cartão vermelho. O santista tocou a bola e deixou o cotovelo alto e acertou o Romero.

    Sinalizador e correria

    A torcida do Corinthians acendeu sinalizadores no finalzinho do jogo e o árbitro parou a partida. A polícia tentou conter os corintianos na arquibancadas e houve correria. Por isso também, a partida teve seis minutos de acréscimo no tempo regulamentar.

     

    Veja Também

    Comments (3)

    1. Avatar
      Tati Montero

      Jaisson Ferrari

    2. Avatar
      Charles Sueli

      Quarta força tá ai que vocês queria kkkk

    3. Avatar
      Robson Greyck Vendrami

      Quarta força kkk vai vendo ai

    Comments are closed.