Corinthians na Copinha: a quinta taça

    Após a conquista do quarto título da Copa São Paulo de Futebol Júnior, em 1999, o Corinthians fez algumas campanhas ruins nos anos seguintes. Porém, em 2004, com uma equipe muito forte, comandada pelo técnico Adailton Ladeira, o Alvinegro entrou na competição com chances de ser campeão. Jô, Abuda, Elton, Rosinei e Bobô eram alguns nomes desta equipe.

    O Timãozinho fez parte do Grupo S, com sede em Jundiaí, no Estádio Jayme Cintra. A estreia ocorreu no dia 4 de janeiro, diante do Figueirense. Em jogo duro, o Corinthians saiu atrás do placar, mas Bobô, aos 42, e Elton, aos 46 minutos do segundo tempo, viraram a partida e deram a vitória por 2 a 1 ao Alvinegro.

    Pela segunda rodada, no dia 7, o Corinthians teve mais um jogo duro diante do Angra dos Reis, mas, novamente, venceu por 2 a 1. A decisão da vaga na próxima fase seria contra o Paulista, equipe da casa, no dia 11 de janeiro. Curiosamente, o Alvinegro repetiu o placar de 2 a 1 e avançou de fase.

    O confronto da segunda fase foi diante do Noroeste, em Osasco, no dia 15. Fininho e Abuda marcaram e o Corinthians venceu pela quarta vez na competição pelo placar de 2 a 1.

    Em 18 de janeiro, finalmente o Alvinegro venceu por um placar diferente. Pela terceira fase, o Timãozinho encarou o Força e goleou por 4 a 0, garantindo vaga para as quartas de final. O Santos foi o adversário nesta fase.

    O Clássico Alvinegro ocorreu no dia 20 de janeiro e a equipe de Parque São Jorge venceu com tranquilidade por 3 a 0 e se garantiu na semifinal. O confronto aconteceu diante da equipe do Coritiba, dois dias depois das quartas.

    No tempo normal, as equipes empataram por 1 a 1 e a decisão foi para as cobranças de pênalti. O Corinthians venceu por 6 a 5 e foi para a sua 11ª decisão de Copinha.

    Pela segunda vez na história, um Majestoso decidiria a principal competição das categorias de base do Brasil. O São Paulo venceu o Palmeiras nos pênaltis e se garantiu na decisão diante do Alvinegro.

    Com mais de 19 mil pessoas no Pacaembu, o Corinthians foi muito pressionado na etapa inicial – após um começo de jogo bastante truncado. O São Paulo desperdiçou boas chances de abrir o placar.

    Na etapa complementar, Ladeira colocou Bobô em campo e, logo aos cinco minutos, ele abriu o placar do jogo. O adversário ficou com um a menos quando Alê foi expulso. Depois, aos 38 minutos, de pênalti, Rafael fez o segundo e deu números finais à partida. O Corinthians conquistou a Copinha pela quinta vez e igualou o Fluminense como o maior campeão do torneio.

    Curiosidade: nas conquistas de 1995, 1999 e 2004, contra Ponte Preta, Vasco e São Paulo, respectivamente, o Corinthians entrou em campo na decisão vestindo o uniforme reserva (preto com as listras verticais brancas).

    Veja Também