Derby reúne rivalidade em alta e briga pela liderança no Palestra Itália

    O Derby paulistano da tarde deste domingo, às 16h (de Brasília), no Palestra Itália, já teria importância simplesmente por tratar de um embate entre os dois times da Série A mais antigos da cidade. Somando-se isso à disputa pela liderança entre os dois e à crescente rivalidade dos dois últimos anos, envolvendo novos estádios e a contratação de atletas, o duelo enche de expectativa os torcedores de Corinthians e Palmeiras.

    Dono da casa e ciente da oportunidade de, além de virar primeiro colocado, ganhar confiança para uma sequência de vitórias, o técnico Cuca não pretende dar qualquer pista para o rival. O Palmeiras precisa vencer o Derby para assegurar seu posto no G4 do torneio, título mais cobiçado dos últimos anos. Por isso, o que interessa é derrotar os alvinegros. Números a favor disso não faltam: neste Brasileiro, o time tem 100% de aproveitamento jogando em casa, com três vitórias em três jogos, além de ostentar um tabu de quatro jogos sem perder para o arquirrival.

    Para o meia Jean, uma vitória contra o rival pode dar ao clube o ânimo para uma arrancada. “Existem vários fatores importantíssimos que estarão nessa partida, principalmente a confiança do time para uma arrancada de vitórias que é importantíssima para um campeonato como esse. Além disso, estamos precisando buscar grandes resultados para a história do clube, já que é sempre importante ganhar clássicos”, analisou o volante.

    Suspenso por conta do terceiro cartão amarelo, Vitor Hugo é ausência certa na partida. A vaga deve ficar com Edu Dracena, que não joga desde o dia 6 de abril, data do empate com o Rosario Central, pela Copa Libertadores. O lateral esquerdo Egídio, recuperado de uma pancada na perna, voltou a ser relacionado. A tendência é que Moisés comece como titular, com Gabriel Jesus centralizado no ataque e Dudu e Roger Guedes mais abertos.

    Do outro lado, Tite conseguiu engrenar uma série de quatro vitórias consecutivas, apagando os questionamentos pelas eliminações no Paulista e na Libertadores, e já colocando o foco de todos os corintianos na busca pelo bicampeonato nacional seguido. Dessa forma, o treinador faz questão de pedir aos atletas que entrem psicologicamente preparados no embate, sem pensar que se trata de um jogo de vida ou morte.

    “Palmeiras e Corinthians já é um jogo grande, jogo diferente, encaramos dessa forma por ser um clássico, ainda mais valendo liderança de um campeonato. Temos que ver também que é só a sétima rodada da competição. Só posso garantir que a gente encara como uma final como a gente vem encarando todos os jogos, sabendo que é o peso de um clássico”, assegurou o lateral esquerdo Uendel, lembrando que, assim como os alviverdes, o Timão também tem um tabu para chamar de seu: em dois jogos após a reforma do Palestra Itália, acumula uma vitória e um empate.

    Para escalar sua equipe durante a semana, a única dúvida do treinador ficou por conta da participação do meia Guilherme. O armador, que sofreu uma pancada no joelho direito no triunfo sobre o Coritiba, só conseguiu treinar no gramado na sexta-feira. Danilo já estava de sobreaviso para atuar caso o camisa 10 não estivesse à disposição, mas a presença do atleta está assegurada.

    Com relação ao time que saiu vencedor nos últimos confronto, a maior novidade é o zagueiro Yago. Suspenso preventivamente por doping, ele foi julgado na última semana e recebeu uma pena de 30 dias sem poder atuar. Porém, como já estava impedido de exercer a profissão desde 9 de maio, ficou livre para disputar o clássico. Ele formará dupla ao lado de Felipe, que está de malas prontas para reforçar o Porto-POR.

    Veja Também

    Notícias do Corinthians
    Notícias do Corinthians

    Comments (2)

    1. Avatar
      Fabio Alves Quixabeira

      Timao 1×0 peppa pig

    2. Avatar
      Drauz Leite

      DIRETORIA DE MERDA!!!

      VENDE OS MELHORES JOGADORES E NÃO FAZ REPOSIÇÃO A ALTURA, DEPOIS QUE O TIME NÃO RENDE O ESPERADO, NOSSA DIRETORIA DE BOSTA, COLOCA A TORCIDA PARA PRESSIONAR OS JOGADORES.

      VEJAM VCS! JÁ PERDEMOS UMA CONTRATAÇÃO PARA O INTERNACIONAL DO ATACANTE BRENNER, JOGADOR DO JUVENTUDE. E AGORA? O INTER VAI PASSAR A PERNA DE NOVO???

      SERÁ QUE NOSSA DIRETORIA DE BOSTA VAI DEIXAR O INTERNACIONAL CONTRATAR O NICO LOPEZ, JOGADOR DO NACIONAL DO URUGUAI??? VAMOS PERDER DE NOVO???

      ALÉM DISSO, NOSSOS ADVERSÁRIOS ESTÃO SE REFORÇANDO MUITO BEM!!! INTERNACIONAL, FLAMERDA, ATLÉTICO, PALMEIRAS, GRÊMIO, SANTOS…

      ESSE BOSTA DO EDUARDO FERREIRA, ADORA DAR UMA ENTREVISTA COMO SE ESTIVESSE TUDO LINDO NO CORINTHIANS! AGORA O BICHO VAI PEGAR E VAMOS VER O QUE ELE VAI DIZER… DOMINGO JÁ TEM JOGO CONTRA O PALMEIRAS, NA MINHA OPINIÃO, JOGO QUE VALE DE VERDADE.

      ALIÁS, O QUE ESSE BOSTA DO EDUARDO FERREIRA ADORA FALAR EM ENTREVISTA, QUANDO SE TRATA DE CONTRATAÇÃO, É A SEGUINTE FRASE: “ESTAMOS DE OLHO, ESTAMOS OBSERVANDO”

      A MINHA PERGUNTA QUE FICA É: KD OS REFORÇOS??? KD OS NAMING RIGHTS???

    Comments are closed.