Em situação invejável, Corinthians reencontra Guerrero em Itaquera

    Paolo Guerrero voltará a Itaquera neste domingo. Como adversário. A partir das 16 horas (de Brasília), o Corinthians, próximo da conquista do Campeonato Brasileiro, reencontrará o Flamengo do centroavante peruano, que amarga o monótono meio da tabela de classificação.

    Antes desacreditado justamente em função da saída de Guerrero, autor do gol do título mundial de 2012, o Corinthians se reergueu e abriu oito pontos de vantagem para o Atlético-MG (enfrentará a Ponte Preta, no Independência) na competição nacional. A situação ajudará parte considerável da torcida alvinegra a tripudiar do seu antigo ídolo na Zona Leste.

    Já houve até quem compusesse música para a recepção: “Guerrero, me diz como se sente/ Voltar para a casa do Timão/ Mundial você nos deu/ Mas vai ter que aprender/ Que o Corinthians é maior do que você!”. As organizadas corintianas, no entanto, cogitam apenas ignorar a presença do centroavante.

    Quem não pode agir dessa maneira é Tite. Ciente dos perigos que Guerrero oferece, mesmo sem marcar um gol pelo Flamengo desde 23 de setembro (anotou na virada por 2 a 1 sobre o São Paulo), o técnico adotará cuidado com o jogador. Ainda assim, a lateral direita terá o contestado Edílson, uma vez que Fagner segue em recuperação de contusão. Na esquerda, o jovem Guilherme Arana, incomodado por uma espinha no rosto nesta semana, continuará como substituto de Uendel.

    “Vou estar muito voltado para o jogo. Os atletas também. Essa é a essência”, afirmou Tite, fugindo de polêmica em relação ao enfrentamento com o Guerrero, seu antigo comandado.

    Do lado do Flamengo, persiste a esperança de almejar mais no Brasileiro. Conforme avisou o meia Alan Patrick: “Independentemente de onde estiver a nossa equipe, na frente ou atrás, a marcação tem que ser intensa. Esse jogo pode ser um divisor de águas. Conseguindo uma vitória, a gente volta para a briga”.

    Para dividir as águas e ainda sonhar com a presença na Copa Libertadores da América, o Flamengo não contará com outro ex-corintiano, o atacante Emerson, punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Paulinho é o substituto imediato, porém está com dores musculares e poderá ceder lugar a Kayke.

    Veja Também

    Notícias do Corinthians
    Notícias do Corinthians