Emerson credita empate ao apoio de Tite: "ele incendiou o time"

    O atacante Emerson foi de longe o melhor jogador do Corinthians no empate contra o Comercial por 3 a 3 neste domingo em Ribeirão Preto. O gol de Ramon no último minuto do jogo, porém não foi conquistado por acaso segundo o atacante, que creditou a vitória ao incentivo de Tite.

    “Mais uma vez eu acho legal falar que a garotada acreditou, mas isso tem muito do Tite. É impressionante a preleção dele. Ele sempre consegue motivar quem está de fora e não é titular. Tem coisa que a imprensa não vê, mas ele incendiou a equipe e fez a gente acreditar até o final”, disse o atacante, que marcou o primeiro gol do Corinthians.

    Sheik ainda teve duas chances de marcar, mas parou no travessão. Na segunda, ele arrancou ainda do campo de defesa e com uma velocidade incrível, invadiu a área e chutou de bico, acertando oi travessão. “Ia ser um golaço”, resumiu.

    Apesar do empate heroico, o Corinthians perdeu a liderança do Paulistão e teve dificuldades para enfrentar o lanterna Comercial. “Apesar de a gente treinar todo dia, não jogamos todo final de semana. O Tite pediu pra não desorganizar, talvez seja esse um motivo de ter um pouco de entrosamento”, explicou Emerson que ainda criticou o estado do gramado. “O campo não é bom, pra não dizer horroroso”.

    Oa atacante se mostrou recuperado da lesão no púbis e pode ter criado uma dúvida na cabeça de Tite para o próximo jogo do Corinthians, nesta quarta-feira, contra o Cruz Azul pela Libertadores.

    “Não tenho que provar nada para ninguém. Se estou aqui, a diretoria e o Tite aprovaram a minha contratação. Mas tenho que respeitar todo mundo. Quem entrou, foi bem. Só tenho que provar para mim mesmo que posso reconquistar a titularidade”.

    Reportagem: UOL

    Veja Também

    Notícias do Corinthians
    Notícias do Corinthians