Fagner relembra drama de acidente, se emociona e fará doação à AACD

    O domingo passado marcou o lateral-direito Fagner, não apenas pela vitória do Corinthians sobre o Santos em Itaquera. Crianças da AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente) acompanharam o aquecimento e entraram com a equipe no gramado, despertando uma lembrança especial. Após o jogo, ele procurou a assessoria de clube e revelou um desejo: doar camisas para a entidade fazer um leilão para angariar recursos.

    A atitude remete a um drama vivido pelo jogador ainda na infância, quando tinha 6 anos. Uma brincadeira com o irmão e um amigo acabou em um corte no braço esquerdo que o fez perder sangue a ponto de correr risco de morte. Levado às pressas para o hospital, salvou-se, realizou a cirurgia, mas o problema não acabaria… Durante a recuperação, ele teve complicação e não conseguiu esticar o braço, nem mexer a mão. Até que o pai resolveu levá-lo à AACD…

    “O médico que me atendeu olhou e na hora falou: “Pode marcar uma nova cirurgia”. Meus ligamentos tinham sido ligados de forma errada, por isso doía tanto e limitava meus movimentos. O problema era que seria um custo alto, e nós não tínhamos recurso. Mesmo assim, meu pai (Calixto) falou que poderia marcar. Saímos de lá e, dias depois, ele vendeu o carro para pagar a operação”, relembrou o camisa 23, ao LANCE!.

    Desta vez, a cirurgia foi um sucesso. Durante um bom tempo, a rotina do então garoto foi visitar a AACD por cerca de duas vezes por semana para realizar fisioterapia. Do Jardim Capelinha, bairro onde morava, até a unidade de tratamento, no Ibirapuera, eram cerca de 16 quilômetros e duas horas de trajeto. Lá, ele conviveu com crianças que enfrentavam dramas e limitações bem maiores.

    “Quando estava lá, via situações muito piores que a minha. No fim, era um exemplo para não desanimar e achar que está tudo ruim. Você olha para o lado e vê situações piores. Tem criança que não consegue andar, que nasceu com algum problema genético. É uma lição”, disse.

    Além de uma grande cicatriz na parte interna do braço, o corintiano ainda convive com as marcas do acidente. Sua mão esquerda é mais fina que a direita. Seus movimentos dos dedos também não são plenos, mas nada que o atrapalhe para fazer cobrança de um lateral, por exemplo.

    Mesmo com o foco no título do Brasileirão, Fagner quer aproveitar um tempo sem jogos para visitar a associação e ver as crianças.

    “Eu tenho dois filhos em casa, sou exemplo para eles, amigos deles ou até crianças que jogam futebol… Elas fazem de nós jogadores um exemplo. Nesse caso específico, ter vivido a cirurgia, recuperação… Poder voltar lá e passar essa experiência para as crianças dará grande motivação para elas. Toda criança tem a pureza, sonhos, e levar isso para elas será muito bom. Espero que sirva de motivação para muitas pessoas!”, emocionou-se.

    – BATE-BOLA COM FAGNER, EM ENTREVISTA AO LANCE!:

    Como foi o acidente?
    Estava eu, meu irmão e um amigo brincando no prédio. Meu irmão segurava um ferro e eu me apoiava em um vidro, falando que iria abrir a porta. Peguei impulso, corri e entrei no vidro. Cortou tudo, foi um desespero.

    Lembra da dor que sentiu?
    Lembro por flashes… Eu lembro quando entrei no vidro. Não lembro de dor, só lembro do desespero de ver o sangue na camiseta. Um amigo nosso tentou estancar, uma vizinha, que era enfermeira, enrolou uma toalha molhada, pegou o carro e me levou para o hospital. Chegando no hospital, meio dormindo, ela falava para ter calma, que só ficaria uma marquinha (risos). São flashes. Depois, na segunda cirurgia, com horário marcado, fui tranquilo e meu pai e meu irmão, com medo (risos).

    O que achou quando soube da ação do Corinthians com a AACD?
    Um clube tão grande como o Corinthians, estar envolvido em uma causa dessa, é algo muito nobre. É bom para as pessoas verem que existe gente que precisa de ajuda, de doação, de um incentivo para dar uma condição melhor para um filho ou para uma criança. Eu passei por uma situação, meu pai tinha um carro pra vender e eu fazer a cirurgia. Comigo deu certo, espero que a gente ajude outras pessoas a terem essa sorte.

    Suas sequelas atrapalham?
    Graças a Deus, o tratamento foi bem sucedido e nada me atrapalha. Mas é fruto de trabalho, fortalecimento, academia.. Bom para minimizar qualquer efeito que pudesse atrapalhar. Não tenho qualquer problema de força na minha mão..

    – AÇÕES ENTRE TIMÃO E AACD

    GRANA
    Corinthians vai doar 10% da renda líquida da próxima partida na Arena, contra o Goiás, para a entidade. Jogo válido pela 30 rodada acontece dia 15 de outubro.

    UNIFORME
    Timão estampou no clássico contra o Santos, no último domingo, o logotipo da AACD na peito da camisa. Na parte de trás do uniforme havia a inscrição “#FIELAACD”.

    PEDIDOS
    Voluntários da AACD e do clube percorreram as arquibancadas da Arena, no último domingo, arrecadando doações. No intervalo, a campanha foi divulgada no gramado.

    ATLETAS
    Para divulgar a parceria, Gil, Elias e Renato Augusto concederam entrevista coletiva na última sexta.. Alguns atletas também gravaram vídeos.

    Veja Também

    Comments (7)

    1. Avatar
      Claudemir Ferreira

      parabéns fagner Deus te abençoe sempre por essa atitude mano tem muitos q precisa desse ato de bondade sua

    2. Avatar
      Sergio Elias

      #renovaRalf

    3. Avatar
      Sergio Elias

      #renovaRalf

    4. Avatar
      Drauz Leite

      EDILSON LIXO! ESSE BOSTA NÃO MERECE E NEM TEM CONDIÇÕES DE VESTIR A CAMISA DO CORINTHIANS. ELE ENTREGOU CONTRA O SANTOS, ENTREGOU CONTRA O GRÊMIO E AGORA CONTRA O INTER!!! TOMAR UM DRIBLE DA VACA DO PAULÃO!!! PQP!!! O PIOR, A DIRETORIA RENOVOU COM ESSE LIXO POR MAIS 2 ANOS E ATÉ AGORA NÃO RENOVARAM COM O RALF. É MOLE? ESPERO MUITO QUE O TITE TENHA CONSCIÊNCIA E NÃO COLOQUE ESSE PODRE PARA JOGAR OS PRÓXIMOS JOGOS, POIS O YAGO (IMPROVISADO) NÃO COMPROMETEU!

    5. Avatar
      Welson Pft

      otima atitude menino guerrero.

    6. Avatar
      Vilma Sousa

      Bela atitude…parabéns.

    7. Avatar
      Terezinha Barbieri

      Bela atitude Fagner , parabéns pela atitude de ir fazer visitas a AACD e de doar a camisa pra leilão !!

    Comments are closed.