Há seis anos, Corinthians batia Santos na primeira final do Paulistão-2013

    Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

    Há exatamente seis anos, no estádio do Pacaembu, o Corinthians batia o Santos por 2 a 1 e saía na frente na disputa da final do Campeonato Paulista de 2013. Com gols de Paulinho e Paulo André, o Timão levou para a Vila Belmiro a vantagem do empate para consolidar a conquista do 27º título estadual.    

    Escalação

    Comandado pelo técnico Tite, o Corinthians foi a campo com Cássio; Alessandro, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho e Danilo; Romarinho, Emerson e Guerrero. Edenílson e Alexandre Pato entraram durante a segunda etapa.    

    O jogo

    Com 36.306 pagantes no Pacaembu, o Corinthians foi empurrado pela Fiel e criou inúmeras chances ao logo da primeira etapa. No entanto, o primeiro gol corinthiano saiu apenas depois dos 40 minutos. Aos 42, Romarinho cobrou falta pela direita e cruzou. Danilo tentou dominar, a bola escapou, mas o camisa 20 ainda conseguir se esticar para tocar para Paulinho. Livre dentro da área, o volante tocou para fazer 1 a 0.  

    Apenas dois minutos depois do gol, o Corinthians não chegou ao segundo por muito pouco. Emerson Sheik recebeu pela esquerda e fez uma linda virada de jogo. Alessandro dominou na direita e cruzou. A zaga santista tirou, mas a bola sobrou para Paulinho, que, de fora da área, emendou um chute forte no travessão. No rebote, Guerrero, sozinho, bateu pra fora. 

     Logo no começo do segundo tempo, o Corinthians voltou a assustar o Santos. Aos três minutos, Guerrero deu belo passe para Sheik, que saiu na cara do gol. O atacante bateu, mas o goleiro santista fez ótima defesa. Aos seis, a cena praticamente se repetiu: O camisa 9 tocou para Emerson que, livre, parou no goleiro santista.  

    O Timão massacrava a equipe santista. Aos 24, Paulinho deu uma bela arrancada em jogada individual, passou por dois santistas, mas, já dentro da área, bateu pra fora. Logo depois, o Santos levou perigo ao gol corinthiano pela primeira vez na partida. Aos 26, Cícero bateu forte, Cássio espalmou, a bola pegou na trave e saiu. O Corinthians não se abateu com a primeira jogada de perigo do Santos e continuou pressionando.  

    Aos 29 minutos, Emerson Sheik cobrou escanteio pela esquerda. Após um bate-rebate dentro da área, a bola sobrou para Paulo André. O zagueiro acertou um belo chute e marcou o segundo gol do Timão no Pacaembu. Com dois gols de desvantagem, o Santos começou a agredir o Corinthians. Aos 34 minutos, após batida de escanteio, Neymar cabeceou para grande defesa de Cássio. Aos 37, com Durval, também de cabeça, a equipe santista conseguiu descontar e dar números finais à partida. 
     
    Você encontra essa e mais informações sobre o Corinthians no aplicativo do Almanaque do Timão, disponível em iOS pela Apple Store e Android, pela Google Play e Samsung Galaxy Apps.

    Veja Também

    Notícias do Corinthians
    Notícias do Corinthians