Jô diz que “ansiedade toma conta” e liga sinal de alerta no Corinthians

    Com nove pontos de vantagem na liderança e tendo confronto direto com o Grêmio na próxima rodada, o Corinthians evita fazer projeções para a reta final do Campeonato Brasileiro. O atacante Jô, entretanto, admitiu que a “ansiedade toma conta” e ligou o sinal de alerta no Timão.

    “Os próximos dez jogos são importantes, é jogo a jogo, é difícil ficar projetando, lógico que a ansiedade toma conta, seja contra um adversário lá de cima ou lá de baixo. Jogamos contra o Bahia, que está brigando para não cair e acabou nos vencendo, então temos que respeitar todos os adversários, independentemente da posição que eles estejam. É sempre bom lembrar que temos uma vantagem, mas temos que sempre que ligar o alerta”, afirmou Jô.

    O técnico Fábio Carille também evitou classificar o jogo diante do Grêmio como uma decisão. O treinador, porém, destacou a importância da partida, que será realizada na quarta-feira, na Arena Corinthians.

    “Decisão é desde o primeiro jogo. Quem quer conquistar o Brasileiro tem de encarar assim. Independentemente da derrota para o Bahia, já sabia que o jogo de quarta teria muita importância. É um jogo em casa e contra um concorrente ao título”, disse Carille.

    Com nove pontos de vantagem para o Grêmio, o Corinthians pode ver a vantagem na liderança diminuir nesta quarta-feira. Se o Santos vencer o Vitória, no Pacaembu, a diferença na ponta da tabela cai para sete pontos.

    Veja Também