Jogo da Libertadores faz elenco do Timão antecipar a concentração

    A comissão técnica e o elenco do Corinthians não gostam de tratar a Taça Libertadores como obsessão, mas as decisões do técnico Tite e dos jogadores têm deixado claro que a competição sul-americana é mais importante nesta temporada para o Timão. Tanto que o grupo pediu para antecipar a concentração para o jogo de quarta-feira, contra o Nacional-PAR.

    É isso mesmo. Os jogadores, que tanto criticam o confinamento, resolveram antecipá-lo. O jogo contra o time paraguaio será quarta-feira, às 22h (horário de Brasília), no Pacaembu, e o retiro começa nesta segunda-feira, um dia antes do normal. Tite garante que não se trata de uma exigência da comissão técnica.

    “Para ser ter uma ideia do grau de comprometimento desse grupo, os jogadores nos pediram para antecipar a concentração”, disse o comandante.

    Tite falou a respeito disso enquanto comentava a decisão de poupar jogadores importantes para o clássico com o Santos, no último domingo. Após a derrota por 1 a 0, o treinador alvinegro afirmou que sabia do risco que corria, mas que priorizar a Libertadores nesse momento era a decisão correta.

    “Com os jogadores que deixamos fora, diminuímos nossa possibilidade de vencer o Santos para aumentar a chance de vencermos na quarta-feira. Se eu coloco atletas que vêm de um ritmo forte neste domingo e os perco, seria ruim. Então assumimos essa responsabilidade”, acrescentou o treinador.

    O que ajudou Tite a tomar essa medida foi o fato de o Timão não correr risco de perder a liderança do Paulistão. Mesmo com a derrota, a equipe segue líder, com 29 pontos. Por outro lado, na Libertadores, o time tem apenas um ponto, do empate na estreia com o Deportivo Táchira.

    Reportagem: Globo Esporte

    Veja Também

    Notícias do Corinthians