Luan Santana desiste de filme do Corinthians por turnê internacional

    • Reprodução Instagram

      Luan Santana foi ao Pacaembu ver o título do Corinthians na Libertadores

      Luan Santana foi ao Pacaembu ver o título do Corinthians na Libertadores

    Anunciado como protagonista de Jorge, o corintiano – filme que conta a história de um jovem que se torna estrela do Corinthians – Luan Santana desistiu do papel. O motivo é que o cantor estará em turnê internacional na época das gravações. Em seu lugar foi escalado Jorge Barcelos, da dupla Jorge & Mateus. A obra chega aos cinemas no segundo semestre de 2018.

    O produtor, Henrique Almirates Neto, admitiu que a ausência do artista causa perda principalmente entre o público mais jovem. Outra diferença é que Luan Santana tem 26 anos e Jorge Barcelos 35 anos. O responsável pela obra falou que se for necessário haverá alteração no roteiro.

    A notícia de que Luan Santana participaria da obra foi dada pela própria assessoria do cantor. A volta dele em um papel menor. O cantor é corintiano. Não houve cobrança de multa pela desistência, revelou o produtor.

    Os ex-jogadores Basílio e Ronaldo Giovanelli vão participar do filme. As gravações incluem o centro de treinamento e os bastidores do clube como categorias de base e centros de treinamento. “O filme vai retratar o dia a dia do Corinthians”, afirmou Henrique Almirates Neto, produtor do filme.

    O elenco que estiver no Corinthians em janeiro também vai participar da obra. O roteiro conta a história de Jorge, um garoto nascido na periferia de São Paulo que realiza o sonho de jogar no clube do coração, o Corinthians.

    Almirates Neto contou que o jovem de 18 anos tem este nome porque nasceu no dia de São Jorge, 23 de abril. O jogador é descoberto por Basília durante uma partida de várzea. Os responsáveis pelo filme não escondem que o público alvo é o torcedor corintiano e esperam levar 10 milhões de pessoas aos cinemas.

    A obra tem orçamento de R$ 15 milhões e o montante já foi captado de acordo com o produtor. Os parceiros são mantidos em sigilo por enquanto, mas a previsão é ter entre 15 e 20 patrocinadores. O planejamento prevê que Jorge chegue aos cinemas antes da Copa para aproveitar o clima de futebol que antecede um Mundial.

    Corinthians pode ganhar dinheiro com filme

    O filme não vai contar com lei de incentivo fiscal e tem orçamento privado. O Corinthians licenciou sua marca e integra uma joint venture com a produtora. Ao se tornar sócio, o clube tem direito a uma fatia dos resultados obtidos pela obra. Por questão contratual, o percentual não é revelado.

    O produtor do filme declarou que adotou a estratégia muito usada nos Estados Unidos de ter estrelas da música em filmes. Ele citou Elvis Presley, Justin Timberlake e Roberto Carlos. Acrescentou que Jorge Barcelos vai viajar com um coach para ter aulas de interpretação.

    O cantor também vai precisar perder uns quilos e já está providenciando isto. Como é canhoto, o protagonista vai lembrar Roberto Rivellino em muitos aspectos.

    O restante do elenco do filme será divulgado em 30 dias. A tentativa é de incluir atores corintianos e vários nomes de expressão são veiculados como Antônio Fagundes, Cláudia Raia, Dan Stulbach e Maria Gabriela.

    Veja Também