Para Alexandre Pato, futebol brasileiro só na Seleção

    Parece que foi ontem, mas já são cinco anos atuando no futebol italiano. O que para muitos seria tempo suficiente para um regresso, para Alexandre Pato é apenas o meio do caminho. Invariavelmente procurado por clubes brasileiros, o atacante descarta um retorno ao país. Mais do que isso: projeta a sua carreira na Europa por um longo período.

    Com a maturidade de um veterano, o jovem de 22 anos avisa que a sua intenção é permanecer no Velho Continente, desarmando possíveis interessados em seu futebol. O Corinthians teria sido um a sondar o jogador do Milan, que admitiu propostas do Brasil, mas preferiu não citar os clubes.

    “Vocês (imprensa) sabem quem procurou. Mas não quero falar sobre isso. Muitos jogadores vão para a Europa e ficam dez anos por lá. Tenho o mesmo desejo, quem sabe por mais cinco anos? Tenho só a agradecer aos clubes que me procuraram, mas quero fazer o máximo de tempo possível na Europa. Talvez depois de dez anos atuando lá fora, aí sim eu resolva voltar ao Brasil”, destacou.

    Um bom motivo que ajuda a explicar a ideia de Pato a continuar longe dos gramados brasileiros pode ser o fato de querer atingir um patamar dos maiores craques mundiais. Apesar de ter conquistado títulos pela Seleção Brasileira e pelo Internacional, o atacante ainda precisa rechear o currículo. Pelo atual clube, apenas uma taça da Série A (temporada 2010/11).

    Está nos planos de Pato um dia chegar também aos maiores prêmios individuais. Mesmo ainda não tendo alcançado o status, o jogador rechaça qualquer possibilidade de frustração.

    “Não estou frustrado. Só estou com 22 anos e já tenho títulos importantes na carreira, como um Mundial pelo Inter. Por que estaria frustrado? Estou feliz pelo meu trabalho realizado, sou o quinto maior goleador da História do Milan. Então, não tenho razão para ter frustração”, resumiu.

    Reportagem: Lance!

    Veja Também

    Notícias do Corinthians