Zagueiro Henrique fala em neutralizar o Flamengo em Itaquera

    O Corinthians está pronto para enfrentar o Flamengo na Copa do Brasil, quarta, às 21h30, em Itaquera. Na tarde desta terça, véspera do duelo com os cariocas, o zagueiro Henrique revelou que o Timão tentará neutralizar o time de Abel Braga para conseguir um bom resultado no jogo de ida das oitavas de final. 

    – Sabemos que o Flamengo tem uma equipe rápida, com jogadores de qualidade. Mas falar como vai se portar é entregar o jogo para eles. Estamos nos preparando para neutralizá-los e fazer uma grande partida. Sabendo da qualidade do adversário e como eles jogam, vamos tentar neutralizá-los – revelou o zagueiro em entrevista coletiva no CT Joaquim Grava. 

    O técnico Fábio Carille faz mistério no Corinthians. Nesta terça, o treinador fechou o treinamento no CT Joaquim Grava e não deixou os jornalistas acompanharem a atividade. Apesar disto, o Alvinegro não deve ter grandes mudanças em relação ao time que empatou sem gols com o Grêmio, no último sábado, na Arena Corinthians. 

    Sendo assim, a provável equipe que deve entrar em campo é formada por Cássio; Fagner, Manoel, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Ramiro e Sornoza; Mateus Vital, Vagner Love e Clayson. 

    Questionado sobre uma suposta superioridade técnica do Flamengo, o zagueiro Henrique foi categórico ao dizer que o Corinthians tem totais condições de medir forças com o Rubro-negro. O defensor se mostrou ciente dos problemas da equipe, mas demonstrou confiança no elenco alvinegro. 

    – Sabemos do que podemos fazer, a gente procura sempre fazer isso. É dentro de campo que se mostra e que as coisas acontecem. Essas coisas de fora, financeira, é para a diretoria. Vamos fazer o melhor para conseguir os resultados dentro de campo – pontuou. 

    O Corinthians espera casa cheia em sua arena. A última parcial de venda de ingressos publicada pelo clube informou que 28 mil entradas haviam sido vendidos de forma antecipada. Ainda há bilhetes à venda para os setores Leste e Oeste, e os valores variam de R$ 110 a R$ 300. A bola rola a partir das 21h30 em Itaquera. 

    Confira a entrevista coletiva do zagueiro do Timão:

    Treinos fechados 
    No futebol, cada jogo é diferente. Essa é uma competição mata-mata. Já conhecemos o adversário, mas o estilo de jogo pode ser que mude. Temos que estar preparados para isso. E a gente também, nesse pouco tempo que temos para trabalhar, precisamos estar 100% para esta partida.

    Sobre jogar a primeira partida das oitavas na Arena Corinthians

    Sabemos que na nossa casa temos que fazer um bom resultado. Às vezes, mesmo tendo segundo jogo em casa, é complicado depender disso. Espero que a gente possa fazer um bom resultado para no jogo da volta ser, não tranquilo, mas termos alguma vantagem. 

    Sobre os jogos do ano passado com o Flamengo
    Fizemos dois grandes jogos. No empate lá (no Rio) corremos, nos dedicamos bastante, e conseguimos a vitória em casa. Foi um grande jogo, esperamos que possa ser assim agora e que novamente a gente possa passar de fase.

    Desempenho fraco do sistema ofensivo
    Temos um estilo de jogo, na parte defensiva e na parte ofensiva todo mundo corre e se dedica para ajudar um ao outro. Estamos no começo do Campeonato Brasileiro e no início do Paulista também foi assim. Aos poucos as coisas vão acontecendo. É questão de tempo. Estamos no caminho certo.

    Deportivo Lara – adversário da Copa Sul-Americana 
    Jogamos na Libertadores contra eles. É uma viagem cansativa. O país não está em um momento legal.

    Interesse do Corinthians no zagueiro Gil 
    É gratificante, é um jogador de qualidade. Isso é produtivo, bom, o time só tende a ganhar. Quando mais forte deixarmos o elenco, melhor para disputar as competições. A gente vê com bons olhos, quando mais forte nosso time ficar, melhor para o restante da temporada.

    Veja Também