Corinthians corre o risco de improvisar na zaga e lateral na quarta

    No segundo jogo pela Copa Libertadores, às 22h desta quarta-feira contra o Nacional-PAR, Tite pode ser obrigado a improvisar em dois setores da defesa. Na lateral direita, Alessandro reclama de dores musculares e é dúvida, enquanto Weldinho, seu reserva imediato, está vetado. Na zaga, há apenas duas opções, Chicão e Leandro Castan, sem nenhum reserva para ficar no banco.

    Enquanto isso, sobram alternativas para as funções ofensivas. Tite optou por inscrever sete atacantes e quatro meias no torneio continental, e não há espaço para todos no banco.

    Recuperado de uma lesão na panturrilha, Castan retorna para fazer dupla de zaga com Chicão diante dos paraguaios. O problema é que Wallace e Paulo André não têm condições de jogo. O jovem Marquinhos e Felipe, contratado junto ao Bragantino, não fazem parte da lista de 25 atletas inscritos na Libertadores.

    “Imaginava que o Paulo André pudesse ter uma recuperação melhor na hora que fiz a lista”, justificou Tite, após a derrota para o Santos por 1 a 0, quando Wallace se lesionou.

    Weldinho também sofreu uma contusão na Vila Belmiro e acabou no departamento médico. Para piorar, o capitão Alessandro deixou o treino da última segunda-feira com dores musculares e iniciou tratamento na fisioterapia. O camisa 2 será avaliado pela comissão técnica no treino de terça. Caso seja vetado, Edenilson pode ser deslocado à lateral.

    Se houver algum problema com Castan e Chicão, durante o duelo no Pacaembu, Tite terá de recuar Ralf para a zaga.

    Enquanto isso, Danilo, Alex, Douglas e Ramirez brigam pela função de meia-armador. Danilo está em alta e provavelmente será titular, enquanto os demais disputam uma vaga no banco. Alex pode sair da equipe para a entrada de Jorge Henrique, no 4-3-3.

    No ataque, Emerson Sheik e Liedson retornam, e Adriano mais uma vez foi afastado para aprimorar a condição física. Willian, Elton e Gilsinho concorrem por um lugar na reserva, sendo que Gilsinho está em desvantagem.

    A tendência é o Timão entrar em campo com a seguinte formação: Julio Cesar; Alessandro (Edenilson), Chicão, Leandro Castan e Fabio Santos; Ralf, Paulinho e Danilo; Jorge Henrique (Alex), Liedson e Emerson Sheik.

    Reportagem: UOL

    Veja Também

    Notícias do Corinthians
    Notícias do Corinthians