Flamengo fica a R$ 1 milhão de contratar Petros, do Corinthians

    A quantia de R$ 1 milhão separa o volante Petros do Flamengo. Desde a semana passada, as diretorias rubro-negra e do Corinthians discutem com o empresário Fernando Garcia a transferência em definitivo do jogador. O técnico Tite já o liberou, enquanto Vanderlei Luxemburgo conta com o volante.

    O Flamengo quer pagar R$ 5 milhões por 50% dos direitos econômicos, enquanto o Corinthians exige R$ 6 milhões. Hoje, a empresa de Fernando Garcia, a Elenko Sports, e o Timão são donos de 50%, cada um, dos direitos sobre uma futura venda de Petros.

    Ambos concordaram em ceder 25% de suas fatias para o Flamengo, dividindo pela metade o valor pago pelo Flamengo. Desta maneira, se o Rubro-Negro topar pagar R$ 6 milhões, os corintianos embolsarão R$ 3 milhões e ainda ficarão com 25% dos direitos de Petros, assim como Garcia, que, além de empresário, é conselheiro alvinegro.

    “Não acho que a diferença de R$ 1 milhão é muito grande. A tendência é que as partes se acertem nos próximos dias”, avalia Garcia, animado com a possibilidade de ver seu cliente se mudar para a Gávea. O Blog revelou com exclusividade o interesse dos cariocas na contratação de Petros no dia 9 de maio.

    E é bom que as partes se acertem logo, porque Petros já disputou duas partidas pelo Corinthians no Brasileirão. Se ultrapassar sete, ele ficará impedido de defender outro clube no campeonato.

    Veja Também