Tite não vaiaria Guerrero e diz que não queria enfrentar Emerson Sheik

    Tite não ficou sobre o muro sobre Corinthians x Flamengo, marcado para o domingo. Será o reencontro com o flamenguista Paolo Guerrero, mas não será com Emerson Sheik. Pupilo do treinador em sua vitoriosa passagem pelo Parque São Jorge, Sheik foi suspenso pelo STJD e não vai a São Paulo.

    “Não sei se é melhor ou pior para o Flamengo, mas que eu não queria jogar contra o Emerson, é verdade”, declarou. “É um dos jogadores que mentalmente, e nível de concentração, tem. Ele jogar na Arena, pelo Corinthians, ou em Itu, ou em São Brás onde nasci, é lá em cima. E ele vai produzir. Foi o jogador que fez os dois gols da Libertadores e deu assistência para Romarinho para outro. Uma coisa é querer ganhar, outra coisa é considerar e respeitar. Eu respeito”, disse sobre Sheik.

    “Enquanto profissional, Guerrero tem toda uma história linda no Corinthians e merece todo meu respeito. Se eu fosse torcedor, não o vaiaria. Apoiaria os do Corinthians. O torcedor já faz isso, O corintiano vive de Corinthians. Temos de ser melhores que o Flamengo. Ele fez sua escolha, não sei as circunstâncias. Fora isso, eu respeito a história dele. Estarei voltado à preparação da equipe”, comentou ainda Tite.

    Oswaldo de Oliveira x Tite

    Foram três encontros de Tite com Oswaldo de Oliveira em 2015, todos em Corinthians x Palmeiras. E o agora treinador do Flamengo, na maioria das ocasiões, levou a melhor. Antes de rever Oswaldo, que volta a Itaquera para o duelo entre corintianos e flamenguistas no domingo, o treinador tirou o peso do duelo.

    “Não sei, também ganhamos lá na Arena (Allianz Parque). Então, ganhamos lá, perdemos em casa e empatamos e perdemos nos pênaltis em casa. O importante são os atletas, nós só vamos participar do espetáculo. O Oswaldo com sua qualidade profissional e eu junto. É um extraordinário treinador e nos venceu”, lembrou Tite.

    Em 2015, com o Palmeiras, Oswaldo venceu o Corinthians por 2 a 0 em Itaquera. Pouco antes, pela semifinal do Campeonato Paulista, os palmeirenses eliminaram os corintianos nos pênaltis depois de empate por 2 a 2 no tempo normal. No primeiro encontro do ano, no Allianz, Tite levou a melhor com a vitória de sua equipe por 1 a 0.

    Confira outras respostas de Tite

    Rumores sobre seleção brasileira
    O tempo que tem que ser dado ao Dunga é até o fim do ciclo, é no Mundial. Eu estive no bolo, não fui. A partir do momento em que ele foi escolhido, é o Dunga. Tem que dar tempo para o trabalho dele. Isso é um trabalho, não pode mudar por um resultado.

    Volta de Pato
    Tem portas abertas. Se o presidente falou, está aberto. Ele é um excelente jogador, é do Corinthians, vive um momento adaptado bom e merece todo meu respeito.

    Arana e Renato devem jogar
    Nos reunimos com departamento médico e físico e o encaminhamento deles é para o jogo. Aguardamos o Arana no treino de sábado. Clinicamente não tem risco de saúde. Fisicamente também não tem. Aguardamos ele para o jogo e o Renato também. Assim como Ralf, que treinou.

    Convocação de Cássio
    Me lembro que quem primeiro aventou a possibilidade do Cássio ser contratado foi o Andrés. Ele estava no PSV da Holanda e digo ‘vamos ver como ele está’. O próprio trabalho do Cássio proporcionou isso tudo. Claro que o técnico tem sua parcela. O mentor intelectual foi Andrés, aí vem o trabalho do Mauri (preparador) e a qualidade do Cássio.

    Veja Também

    Notícias do Corinthians

    Comments (7)

    1. Avatar
      Ericsson Chico

      Todos os times tem um Técnico ,mas só o Corinthians tem o Professor Tite ,!!

    2. Avatar
      Ericsson Chico

      Sábio o professor !!

    3. Avatar
      Marron Sales

      Cada vez mais fã desse tite

    4. Avatar
      Helder Fernandes

      E sem mais!

    5. Avatar
      Welson Gomes

      e isso ai vamos pra cima deles depois a gente bate palma pra ele.

    6. Avatar
      Marco Bernardino

      Vamos apenas golear 5×0

    7. Avatar
      Marcelo Haruo Tomita

      Vamos apoiar o time do começo ao fim… Guerrero não faz parte da nação mas está pra sempre em nossa história. Quem sabe depois do jogo a gente bata palma.

    Comments are closed.